Arquivo | outubro, 2012

A verdadeira razão

27 out

Você quer a verdade? Ok, então te dou a verdade…

A verdade é que eu te quero, te quero mais do que isso. Por mais que eu não quera, eu sempre vou estar ao seu lado, eu sempre vou te ajudar. Você é quem eu quero, quero pra todo o sempre. É você quem me faz rir, é você que me ajuda a ser (mais) feliz. É em você em quem eu penso quando eu acordo, é você em quem eu penso quando eu me deito. É em você que eu penso quando eu sorrio, é em você que eu penso quando eu vejo um brilho. Você aguenta mais verdade? Isso já não é demais? Por incrível que pareça eu quero que passe, mas ao mesmo tempo, quero que fique, fique comigo, seja meu amigo, seja até mais que isso. Você não percebeu? Não percebeu que eu paro tudo, para prestar atenção em tudo que você fala? Eu amo a cor dos seus olhos, eu amo o brilho dos seu olhar, eu amo o seu jeito, eu amo o seu sorriso. Você aguenta mais? Tem mais um pouco. Eu suportei o máximo para ter certeza dos meus sentimentos por você, mas esse máximo já se esgotou, e  ainda não tenho 100% de certeza. Estou em um mar de dúvidas, onde não dá pé para mim. Quando eu consigo deixar as minhas dúvidas irem, você me aparece, trazendo novas dúvidas. E mesmo assim, eu venho te adorando mais a cada dia,  venho me perdendo no tempo só pensando em você, só desejando você. Se eu pedir uma chance, é muito? Sé eu pedir uma chance, é pedir de mais? Satisfeito? Consegui o que queria? Conseguiu a verdade.

Futuro imprevisivel

16 out

Tumblr_mbz61hx59e1rsyyyao1_500_large 

Nunca estive nessa situação. Nunca senti esses sentimentos. Já estiveram em minha mente antes, mas nunca desejei que alguém estivesse nela tanto tempo. Nunca desejei tirar as duvidas e a tristezas de alguém. Nunca quis conviver com erros. Nunca senti uma conexão que me prendesse a alguém. Nunca temi o futuro. Mas agora tudo é diferente. Não quero te esquecer tão rápido, quero que dure, que dure até o máximo. Queria poder te livrar de sentir dor, angustia. Quero sentir uma implicância com seus erros, quero conviver com eles, afinal, depois de uma boa discussão, tudo acaba em pizza. Agora sinto uma conexão intensa, que quer por tudo, me aproximar de você. O pior de tudo, estou com medo do futuro. O mesmo futuro que pode me fazer feliz, pode me deixar triste. Imagina se a pessoa que eu  queria poder chamar de  está ouvindo um de um outro alguém. Tudo parece tão intenso, tão diferente, tão us

Resenha do Sabonete Dermotivin

10 out

Há um tempinho atrás, minha dermatologista me receitou um sabonete chamado Dermotivin. Tem disponível em sabonete líquido e em barra. O primeiro que eu usei era em barra, mas eu achei mais dificil para poder levar na bolsa, então eu comprei o líquido, que facilitou muuuuito.

Eu tenho que levar na bolsa, porque além do sabonete, eu uso um protetor solar de manhã e depois do almoço, então eu sempre lavo o rosto antes. E  de noite, eu lavo mais uma vez e passo um creme. Resumindo: eu lavo o rosto 3 vezes ao dia.

Eu super recomendo o Dermotivin. Antes a minha pele era mais oleosa, agora, ela ficou super sequinha e quando precisa passar maquiagem, ela não fica toda “feia” depois de um tempo. É um pouco caro, mais realmente vale a pena investir no produto.

 

Eu super recomendo o Dermotivin. Antes a minha pele era mais oleosa, agora, ela ficou super sequinha e quando precisa passar maquiagem, ela não fica toda “feia” depois de um tempo. É um pouco caro, mais realmente vale a pena investir no produto.

Beijos, A. Beatriz

 

 

Amor ou Paixão, eis a questão

10 out

Tumblr_lcisq17b8p1qdbbywo1_500_large

“Como saber se é amor ou paixão?

Paixão é aquela bomba que explode, amor é aquilo que sobra da explosão e ganha sua admiração.”

Vitor Alves

Lendo essa frase, comecei a desifrar as palavras amor e paixão para mim. As vezes agente fica com medo de falar “putz, eu to amando ele” ou “eu to apaixonada”, porque nós realmente não sabemos o que é cada um. Será mesmo que estar apaixonda é melhor que estar amando? Bem, eu acho que não. Paixão, vem do nada, surge do nada, some do nada. Entra na sua vida de uma maneira escancarada e sai dessa mesma maneira, sai sem que você perceba. Você não a descobre, ela é quem te encontra. Já o amor não. O amor, entra na sua vida sorrateiramente, você vai descobrindo, vai desvendando, vai explorando. E quando você percebe, putz!!!, já é tarde demais. Ele já está com você, já faz parte de você. Você começa amar alguem pelas qualidades, pela personalidade. Quando se ama, até com os defeitos aprende-se a conviver, pode ate´tentar concerta-los. Quando se ama, você sorri só por pensar, você sorri só por amar. Quando se ama, você começa a perceber, que tudo que você dizia ser amor, era apenas uma paixonite, e que o “verdadeiro” amor, não estava no passado, que está no presente. Quando se ama, você não quer perder a pessoa, mas se for preciso, vai deixa-la ir. Você vai chorar, mas não para sempre, vai saber que foi melhor. Se foi amor, vai sorrir. Vai sorrir, pois vai lembrar que ele te fez feliz. Vai sorrir, por saber que ele está sorrido. Sinceramente, quem disse que amor só acontece uma vez na vida. Você ama, mas não dá certo. Você segue enfrente. Você tenta denovo, ama mais uma vez… Mas chegará um dia em que você vai parar de tentar, mas não porque desistiu, mas porque você não precisou mais tentar.

Musica de Segunda

8 out

E como de costume, aqui vai mais uma seleção curta de música para começar de good mood  a semana.

1- Cimorelli- Wings

2- Gavin DeGraw- Soldier

3-Gotey- Save Me

4- P!nk- How Come You’re Not Here

Beijos, A. Beatriz

Disperdicio

8 out

Http%253a%252f%252fmeme.zenfs.com%252fu%252fdf70b6c50c8f1f02da14a3b328a91103565ccd84_large

“Agente confia tanto em alguem, acredita que a pessoa não vai te magoar, acredita que ela vai deixar rolar, acredita que vai ser segredo. Dai você acorda. Vê que nada disso aconteceu, vê que a pessoa que sabia de tudo, foi e te magou. Você ficou com raiva, ficou estressada. Você percebe que a pessoa te traiu. Que a pessoa falou o que você não queria ouvir ou ler. Dai você lembra que antes de falar você pensou no que podia acontecer, mas mesmo assim você confiou nela. Mas você precisava contar, precisava desabafar. Você diz que não vai mais cometer o mesmo erro, mas no final, sabe que vai.”

-A. Beatriz

Crônica do Amor

3 out

Tumblr_lxxz6ufiq91r45lcno1_500_large

Ninguém ama outra pessoa pelas qualidades que ela tem, caso contrário os honestos, simpáticos e não fumantes teriam uma fila de pretendentes batendo a porta.

O amor não é chegado a fazer contas, não obedece à razão. O verdadeiro amor acontece por empatia, por magnetismo, por conjunção estelar.

Ninguém ama outra pessoa porque ela é educada, veste-se bem e é fã do Caetano. Isso são só referenciais.

Ama-se pelo cheiro, pelo mistério, pela paz que o outro lhe dá, ou pelo tormento que provoca.

Ama-se pelo tom de voz, pela maneira que os olhos piscam, pela fragilidade que se revela quando menos se espera.

Você ama aquela petulante. Você escreveu dúzias de cartas que ela não respondeu, você deu flores que ela deixou a seco.

Você gosta de rock e ela de chorinho, você gosta de praia e ela tem alergia a sol, você abomina Natal e ela detesta o Ano Novo, nem no ódio vocês combinam. Então?

Então, que ela tem um jeito de sorrir que o deixa imobilizado, o beijo dela é mais viciante do que LSD, você adora brigar com ela e ela adora implicar com você. Isso tem nome.

Você ama aquele cafajeste. Ele diz que vai e não liga, ele veste o primeiro trapo que encontra no armário. Ele não emplaca uma semana nos empregos, está sempre duro, e é meio galinha. Ele não tem a menor vocação para príncipe encantado e ainda assim você não consegue despachá-lo.

Quando a mão dele toca na sua nuca, você derrete feito manteiga. Ele toca gaita na boca, adora animais e escreve poemas. Por que você ama este cara?

Não pergunte pra mim; você é inteligente. Lê livros, revistas, jornais. Gosta dos filmes dos irmãos Coen e do Robert Altman, mas sabe que uma boa comédia romântica também tem seu valor.

É bonita. Seu cabelo nasceu para ser sacudido num comercial de xampu e seu corpo tem todas as curvas no lugar. Independente, emprego fixo, bom saldo no banco. Gosta de viajar, de música, tem loucura por computador e seu fettucine ao pesto é imbatível.

Você tem bom humor, não pega no pé de ninguém e adora sexo. Com um currículo desse, criatura, por que está sem um amor?

Ah, o amor, essa raposa. Quem dera o amor não fosse um sentimento, mas uma equação matemática: eu linda + você inteligente = dois apaixonados.

Não funciona assim.

Amar não requer conhecimento prévio nem consulta ao SPC. Ama-se justamente pelo que o Amor tem de indefinível.

Honestos existem aos milhares, generosos têm às pencas, bons motoristas e bons pais de família, tá assim, ó!

Mas ninguém consegue ser do jeito que o amor da sua vida é! Pense nisso. Pedir é a maneira mais eficaz de merecer. É a contingência maior de quem precisa

-Texto de Arnaldo Jabor

Beijos, A. Beatriz